Página inicial Matérias Eventos Eventos Classificados Fale conosco

Eco Dicas

Recicle: Lixo não é lixo!
VAMOS POUPAR ENERGIA E NOSSOS RECURSOS NATURAIS!!!

Reciclar é economizar energia, poupar recursos naturais e trazer de volta ao ciclo produtivo o que jogamos fora. A palavra reciclagem foi introduzida ao vocabulário internacional no final da década de 80, quando foi constatado que as fontes de petróleo e outras matérias-primas não renováveis estavam e estão se esgotando.

Para compreendermos a reciclagem, é importante "reciclarmos" o conceito que temos de lixo, deixando de enxergá-lo como uma coisa suja e inútil em sua totalidade. O primeiro passo é perceber que o lixo é fonte de riqueza e que para ser reciclado deve ser separado. Ele pode ser separado de diversas maneiras, sendo a mais simples separar o lixo orgânico do inorgânico (lixo molhado/lixo seco).

Lembre-se: na natureza nada se perde.
A seguir apresentamos benefícios que a reciclagem proporciona à sociedade, à economia e ao meio ambiente:
� Diminuição do material enterrado ou jogado a céu aberto, evitando-se a poluição do ar, terra e água;
� Diminuição da retirada de recursos naturais que muitas vezes não são renováveis (ex.: petróleo);
� O custo da produção torna-se menor, se comparado com o da      produção originada diretamente da matéria-prima virgem;
� Diminuição do desperdício;
� Diminuição do depósito de lixo em lugares clandestinos;
� Redução do consumo de energia na produção;
� Geração de renda pela comercialização dos recicláveis;
� Garrafas de refrigerantes (PET) podem ser transformadas em tecido para fazer roupas;
� Uma tonelada de plástico reciclado economiza 130 quilos de petróleo. Reciclado, o plástico ainda pode virar carpetes, mangueiras, cordas, sacos, pára-choques;
� Reciclar uma tonelada de papel poupa 22 árvores, consome 71% menos energia elétrica e polui o ar 74% menos do que fabricá-la. Diversos tipos de papéis podem ser reciclados 7 ou mais vezes.

Material
Tempo de degradação:

Alumínio - 200 a 500 anos
Cerâmica - indeterminado
Chiclete - 5 anos
Corda de nylon - 30 anos
Filtro de cigarro - 5 anos
Louça - indeterminado
Metais (componentes de equipamentos) - cerca de 450 anos
Plásticos (embalagens e equipamentos) - até 450 anos
Pneus - indeterminado
Vidro - indeterminado

COLABORE!
Todo resíduo é uma matéria-prima. Por isso, jogar lixo no chão, além de sujeira e falta de educação, é desperdício. O Brasil desperdiça milhões de reais por ano, por não reciclar o lixo que produz. A reciclagem é um processo industrial que demanda equipamentos e técnicas especiais. Reciclar é preciso. E você pode ajudar neste processo, no seu dia-a-dia:

1. Recicle o vidro. Calcula-se que a reciclagem de 1 tonelada de vidro poupe 65% da energia necessária à produção da mesma quantidade. Aproveite as embalagens de vidro para conservar alimentos no frigorífico, na geladeira ou no freezer;

2. Uma só pilha contamina o solo durante 50 anos. As pilhas incorporam metais pesados tóxicos;

3. Prefira eletrodomésticos recentes e de qualidade, pois gastam menos energia;

4. Regue as plantas de manhã cedo ou ao cair da noite. Quando o sol está alto e forte, grande parte da água perde-se por evaporação;

5. Uma torneira a pingar significa 190 litros de água por dia que vão pelo cano abaixo;

6. Desligue o fogão elétrico, antes de terminado o cozimento, a placa mantém-se quente por muito tempo;

7. Desligue o ferro um pouco antes de acabar de passar a roupa - ele vai se manter quente durante o tempo necessário para acabar a tarefa;

8. Seja econômico: poupe papel, usando o outro lado para tomar notas ou fazer rascunhos; os pratos e copos de papel são ótimos para piqueniques;

9. Em vez de reciclar, tente preciclar (evitar o consumo de materiais nocivos e o desperdício);

10. Um terço do consumo de papel destina-se a embalagens. E alguns papéis e embalagens têm um período de uso inferior a 30 segundos. Contribua para a redução do consumo dos recursos naturais;

11. Regule o seu carro e poupará combustível;

12. Sempre que possível, reduza o uso do carro. Para pequenas distâncias, vá a pé. Partilhe o carro com outras pessoas. Sempre que puder, opte pelos transportes coletivos;

Produtos reciclados

13. Prefira lâmpadas fluorescentes compactas para as salas cujo índice de ocupação é maior - são mais eficazes se estiverem acesas durante algumas horas. Embora mais caras, duram mais e gastam um quarto de energia consumida pelas lâmpadas incandescentes. Você vai evitar que meia tonelada de dióxido de carbono seja expelida para a atmosfera. Substituir-se uma lâmpada tradicional por uma fluorescente evita o consumo de energia equivalente a cerca de um barril de petróleo ou 317 quilogramas de carvão, que produziria 1 tonelada de dióxido de carbono (o maior gás de estufa) e 6 quilogramas de dióxido de enxofre, que contribui para a chuva ácida. As lâmpadas fluorescentes, além disso, duram, em média, 13 vezes mais do que uma lâmpada incandescente. São bons motivos para escolher;

14. Os transportes públicos consomem 1/13 da energia necessária para transportar o mesmo número de passageiros por carro;

15. As fotocopiadoras e as impressoras a laser utilizam cassetes de toner de plástico, que freqüentemente têm de ser substituídos. Contate uma empresa que recicle esse plástico ou que o use novamente;

16. Um estudo desenvolvido pela NASA mostra que as plantas conseguem remover 87% dos elementos tóxicos do ambiente de uma casa no espaço de 24 horas. Distribua plantas profusamente por todas as instalações. Recomenda-se, pelo menos, uma planta de 1,2 a 1,5 metros por cerca de 10 metros quadrados. Escolha espécies de plantas que se dêem bem com pouca luz natural;

17. Brinquedos velhos, livros e jogos que você não quer mais podem ser aproveitados por outros, portanto, não os jogue fora;

18. Desligue as luzes e os equipamentos (computadores fotocopiadoras, etc.) quando sair do escritório. Está provado que, se durante um ano desligarem-se dez computadores pessoais, à noite e durante os fins-de-semana, vai se poupar em energia o equivalente ao preço do computador. Instale sensores de presença que desliguem as luzes sempre que a sala fique vazia;

19. Antes de decidir comprar equipamentos para o escritório, saiba que as impressoras a jato de tinta usam menos 99% de energia que as impressoras a laser, durante a impressão, e 87% menos quando inativas; os computadores portáteis consomem 1% da energia de um desktop. Se for possível, opte por esses equipamentos;

20. Calcula-se que um em cada quatro documentos enviados por FAX são posteriormente fotocopiados porque o original tende a perder visibilidade. Desta forma gasta-se não só o papel de FAX (normalmente não reciclável por ser revestido com produtos químicos que são aquecidos para a impressão) mas também o de fotocópia. Compre um aparelho de fax que use papel normal. Funcionam como fotocopiadoras ou impressoras em papel comum;

21. Roupas usadas podem ser doadas a outras pessoas ou a bazares de caridade;

22. Verifique se há um programa de coleta seletiva onde você mora. Se não tiver e se seu bairro não for atendido por coleta seletiva, vá porta-a-porta, veja onde são os endereços de recicladores na sua cidade e cobre das autoridades competentes a implementação deste sistema de coleta;

23. Muitos faxineiros de prédios, condomínios, etc., costumam vender estes materiais a sucateiros ou aparistas. Doe seus recicláveis, separados por tipos (papel, metal, vidro e plástico). Além de contribuir para a diminuição do volume de lixo, você ajuda a complementar a renda destes funcionários;

24. Doe seus recicláveis também para os catadores, carrinheiros e carroceiros. O trabalho deles é de utilidade pública,  já  que são  os responsáveis pela  grande parcela dos materiais recuperados do lixo em nosso país. Fale com eles e, se possível, estabeleça alguma rotina e frequência de coleta. Sucateiros: se você não conhece nenhum em sua região, consulte as páginas amarelas sob os títulos sucata, ferro-velho, aparas.


Produtos reciclados

Preciclar, Reduzir, Reutilizar e Reciclar são as palavras da hora.

Fonte: http://www.vivaterra.org.br/vivaterra_lixo.htm 

voltar

     
 
Página inicial