Página inicial Matérias Eventos Classificados Fale conosco


matérias                               

Dicas de Iluminação Eficiente
por GE Iluminação – Reproduzido por ENGEBIG SERVIÇOS E OBRAS LTDA

Hotéis

As Regras fundamentais:
- Crie a imagem certa. 
- Estabeleça humor e atmosfera.
- Proporcione a quantidade certa e qualidade de luz para as tarefas.
- Crie um ambiente seguro.
- Mantenha a satisfação global do cliente.

Tendências que influenciam a iluminação de hotéis
- Preocupações energéticas - limites de iluminação, watts/metro quadrados, escassez de energia, custos de energia ascendentes. 
- Preocupações ambientais. 
- Iluminação e o envelhecimento da visão. 
- Preocupações aumentadas com segurança. 
- Mais tarefas de escritório no quarto de hóspede
- Desejo de fantasia, excitação e aventura.

Custo da Luz
- De modo geral, quando os consumidores pensam em custo da luz eles pensam tão somente no preço de compra das lâmpadas.
Na realidade, o preço de compra das lâmpadas representa apenas uma pequena fração do custo global da iluminação.

- O custo da iluminação, que vamos denominar de custo da luz, é a soma das três componentes abaixo indicadas e o custo relativo aproximado de cada um destes componentes, baseado em um sistema de iluminação com luminárias típicas com 4 lâmpadas fluorescentes de 40W também está indicado abaixo:

LÂMPADAS: O custo de compra das lâmpadas. (4%)
MÃO-DE-OBRA: O custo do trabalho para instalar ou trocar as lâmpadas. (8%)
ELETRICIDADE: O custo da energia para operar as lâmpadas ao longo de seu tempo de vida. (88%)

Como você pode ver, o preço das lâmpadas é a menor porção do custo da luz.
O custo de mão-de-obra é cerca de duas vezes o preço das lâmpadas.
E a eletricidade é, de longe, a maior parte do custo da luz. Ou seja, o maior potencial para economia é a redução na eletricidade.

Fatores a serem observados em um projeto de iluminação:
- Aparência do espaço e luminárias.
- Aparência de cor (e contraste de cor).
- Integração e controle da luz do dia.
- Ofuscamento direto.
- Flicker (e estroboscópico).
- Distribuição de luz nas superfícies.
- Distribuição de luz no plano de trabalho (uniformidade). 
- Luminância das superfícies do quarto.
- Modelagem dos rostos ou objetos.
- Pontos de interesse.
- Ofuscamento refletido.
- Sombras.
- Geometria das fontes/tarefas/olho. 
- Brilho/ reflexão desejada dos destaques.
- Características da superfície.
- Sistemas de controle e flexibilidade.

Quartos de Hóspedes & Suítes
- A iluminação halógena de destaque convida os hóspedes para a área de entrada de uma elegante suíte de um hotel. 
- As fluorescente compactas consomem menos energia, oferecem mais luz e possuem vida mais longa, reduzindo os custos de manutenção.

Banheiro de Hóspedes

- Os difusores de luz e a superfície das paredes ajudam a refletir a luz para a tarefa. 
- A iluminação direta sobre a pia e as luminárias de parede no espelho se combinam para formar este sistema de iluminação.

Reclamações comuns:
- Descontentamento no banheiro nas tarefas de cuidado pessoal e higiene. 
- Descontentamento na área de estar e no quarto de dormir para leitura e outras tarefas escritas. 

Causas:
- Baixos níveis de iluminação, falta de lâmpadas, luminárias em locais inadequados e ofuscamento, fluorescente com cor inadequada. 

Oportunidades:
- Luminárias próximas ou na mesa redonda, freqüentemente usada como uma superfície de trabalho. 
- Luminárias portáteis na superfície da escrivaninha para facilitar as tarefas no computador e de escrita.
- Uma luz de leitura melhor - uma combinação de fonte luminosa, sombra e posicionamento. 
- Fluorescentes com melhor cor e reduzidas sombras em áreas de cuidado e higiene.
- “Night Light” de baixa wattage em banheiros ou foyer. 
- Melhor iluminação nos armários.
- Uma das maiores oportunidades de economia de energia na iluminação dos quartos de hópedes dos hotéis é a eliminação dos longos períodos desnecessários nos quais as luminárias dos banheiros ficam acesas. 
- Cerca de 75% da energia usada por estas luminárias acontece durante as infreqüentes ocasiões em que elas são deixadas acesas por mais de 2 horas de uma vez. 

Restaurantes:
Iluminação Geral
- Fluorescente (Spiral, Globo, CFL, Fluorescente Linear) - Economia de Energia. Longa Vida, boa cor. 
- Incandescente (A-Line, Halógena) - Excelente Cor.

Iluminação Perímetral

- Limitações de Watts Por Metro Quadrado (Halógena-IR, CFL, Halógena)
- Considerações de Manutenção (Longa Vida, Alta Manutenção de Lumens)

Iluminação de Destaque
- Combinação de Tipos de Lâmpadas (Temperatura de Cor Similares)
- Misturando Fluorescentes com Halógenas e MR16 ConstantColor.

Iluminação de Corredores

- Corredores devem promover um sentimento de segurança pessoal e patrimonial.
- A iluminação deve iluminar as entradas e os números dos quartos sem ofuscamento.

Iluminação das Áreas de Jantar e Bebida
- Estabeleça e mantenha o humor e a atmosfera.
- Melhore a experiência visual.
- Mantenha satisfação global do cliente.

Identifique o tipo de experiência
- Jantar Elegante 
- Famíliar 
- Casual 
- Serviço Rápido 
- Boates e Bares

Escolha o sistema de iluminação apropriado
- Alta Reprodução de Cores 
- Padrões de Fachos Abertos e Suaves 
- Iluminação Dirigida 
- Seleção da Luminária 
- Controles da Iluminação

Dicas de Economia
- Substitua as lâmpadas incandescentes tradicionais por lâmpadas eletrônicas compactas da GE e economize até 80% em energia

- Use lâmpada fluorescente T8 no lugar da T12. Economia de até 20%.

- Em galpões, oficinas, iluminação interna de garagens, escolha a linha Spiral 45w e 60w. Até 70% de economia comparado com as lâmpadas incandescentes tradicionais.

- Em áreas externas, use lâmpadas Vapor de Sódio no lugar da lâmpada Luz Mista. Reduza seus gastos com energia em até 70%!

 

 
Página inicial