Página inicial Matérias Eventos Eventos Classificados Fale conosco


relacionamento

Dicas de etiqueta

Cartilha com noções de boa postura aos participantes da reunião



• Em reunião de assembleia, escute o que seu vizinho está falando. Se você não concordar, procure discordar da idéia e não da pessoa. É importante separar a ideia e proposta da pessoa, para não criar rixas

• Diferenças de personalidade e estilos de vida é mais do que normal, não podemos querer que todos sejam iguais a nós. O que podemos manter é o respeito e não "invadir" o espaço, ou seja, a privacidade do outro.

• Se uma discussão virar agressão, tome a iniciativa de "esfriar" o clima, não alimentando um clima violento. Se necessário, peça ao presidente da mesa que registre seu ponto-de-vista ou sua queixa.

• Lembre-se de que a assembleia é um espaço público, não é uma ocasião para "lavar roupa suja" a qualquer custo. Podem motivar até processos por calúnia e danos morais: constrangimento público, denúncias sem provas, informações baseadas em boatos.

• Procure conhecer o Regulamento Interno e a Convenção do condomínio. Assim, você evita propor idéias contrárias a essas normas.

• Quanto mais todos forem objetivos em suas colocações, evitando "monólogos" durante a reunião, mais facilmente os trabalhos serão concluídos em horário hábil.

• Tente cumprir os horários de início das reuniões, para que a sessão não seja suspensa por falta de quorum, e para que os trabalhos não se extendam tornando-se cansativos.

• Do mesmo modo, pegando a reunião do início, você evita voltar a questões que já foram debatidas na sua ausência.

Cartilha para conscientizar os usuários das áreas de lazer
Horários
É inevitável que áreas de lazer como quadras, playgrounds e churrasqueiras sejam fontes de ruído durante o uso. Mas todo condomínio deve limitar o horário de uso em seu Regulamento Interno, além de colocar sinalizações lembrando que certos limites de barulho devem ser respeitados, principalmente no uso de aparelhos sonoros na churrasqueira e piscina.

O horário convencional para uso destas áreas costuma ser das 10:00hrs às 22:00hrs, salvo exceções como dias específicos: aniversários, festas, eventos, etc.

Ao estabelecer no regulamento horários que extrapolem esta faixa convencional, o condomínio estará agindo com padrões fora do comum. Esta prática, possivelmente, poderá trazer incômodos a alguns moradores, principalmente os dos andares mais baixos.

Piscinas
Na piscina, é de bom tom lembrar-se de não entrar na água com protetores solares, bronzeadores ou quaisquer cremes. Além de deteriorar a aparência das águas, os cremes podem promover em certas pessoas reações alérgicas com algum componente da fórmula.

Além disso, estes produtos dificultam o tratamento da piscina e aceleram o processo de deterioração dos equipamentos, causando corrosão e incrustações.
Também na piscina, também convém evitar "saltos acrobáticos", em especial quando houver mais pessoas ali além de você, que podem se machucar se algo sair errado, ou mesmo se incomodar de serem molhadas sem querer. Assim fica mais fácil de todos se divertirem juntos.

Lembre-se de usar trajes adequados no caminho da sua casa à piscina. Pode causar muito constrangimento a outros condôminos entrar no elevador com um vizinho em trajes de banho.

Churrasqueira
Na churrasqueira, lembre-se de que nem todos estão participando do seu momento: tenha bom senso no uso de aparelhos sonoros, que propagam muito mais ruído quando estão ao ar livre.

Também na churrasqueira, não deixe restos de comida e bebida após o uso, pois isso pode atrair ratos e insetos, causando desconforto e prejudicando a higiene e a saúde de todos.

Salão de festas
Quando realizar um evento no salão de festas, não extrapole esta dependência: oriente os convidados a não transitar sem necessidade por outras áreas comuns do condomínio, para não incomodar outros condôminos. O mesmo vale para aparelhos sonoros utilizados na ocasião: o ruído não deve ultrapassar os limites do salão.

Fonte para informações técnicas sobre qualidade de águas de piscina: Sônia Ulbrich, Química, em entrevista ao site SíndicoNet


Cartilha para conscientizar moradores quanto à questão do barulho
O problema do barulho excessivo que incomoda os vizinhos não se restringe a uma questão de estar cumprindo ou não o Regulamento Interno. É, antes de mais nada, uma atenção para com o outro: adequar seu conforto ao conforto do vizinho.

Por isso, sempre que for fazer uma festa, uma reunião ou qualquer outra atividade mais ruidosa, pense em quem você pode estar incomodando: um vizinho que pode ter filhos pequenos, ou que pode estar cansado e tentando dormir, ou tentando ver um filme sem conseguir...

Portanto, use sua inteligência em favor do bem comum, evitando conflitos desnecessários: avalie se o condomínio é realmente o local adequado para o ruído que você vai produzir.

REFORMAS
Para reformas, ou mesmo para pequenas intervenções como mudança de móveis de lugar ou trabalho com furadeiras, utilize o horário comercial, fora do fim de semana, para incomodar o mínimo possível.
Lembre-se que mesmo durante o dia há um limite para o ruído emitido.

VIZINHO DE BAIXO
Muitas vezes seu vizinho do andar de baixo pode se incomodar com ruídos freqüentes como o barulho de um salto alto, móveis sendo arrastados ou crianças correndo. Essa situação é extremamente comum, e pode acontecer até por causa da falta de isolamento acústico na construção. Para contornar esse problema e evitar brigas, pense em soluções alternativas, como restringir o horário desse tipo de ruído, ou mesmo colocar tapetes ou carpete para abafar e isolar os sons.

SOM ALTO
Todo mundo gosta de música, mas pode gerar bastante incômodo o som produzido durante estudos e ensaios de um instrumento musical. Mais uma oportunidade para exercitar sua criatividade e respeitar os ouvidos alheios: estabeleça um horário razoável para sua prática, e tome medidas para isolar acusticamente o local onde ela se realiza.

O mesmo vale para som mecânico – pode ser que seu vizinho não esteja disposto a ouvir sua música preferida a qualquer momento no volume máximo. Lembre-se de que nos horários mais silenciosos – entre as 22 h e as 9h do dia seguinte – a maioria das pessoas está dormindo, ou tentando!

Usando seu bom senso e aguçando seu olhar para o outro, para o bem comum, você não terá de se preocupar com advertências, multas, "caras feias" e outras conseqüências desagradáveis. Muito pelo contrário: você estará contribuindo para melhorar o humor dos seus vizinhos.

ÁREAS EXTERNAS
É inevitável que áreas de lazer como quadras, playgrounds e churrasqueiras sejam fontes de ruído durante o uso. Mas todo condomínio deve limitar o horário de uso em seu Regulamento Interno, além de colocar sinalizações lembrando que certos limites de barulho devem ser respeitados, principalmente no uso de aparelhos sonoros na churrasqueira e piscina.

O horário convencional para uso destas áreas costuma ser das 10:00hrs às 22:00hrs, salvo exceções como dias específicos: aniversários, festas, eventos, etc.

Ao estabelecer no regulamento horários que extrapolem esta faixa convencional, o condomínio estará agindo com padrões fora do comum. Esta prática, possivelmente, poderá trazer incômodos a alguns moradores, principalmente os dos andares mais baixos.

Fonte: www.sindiconet.com.br

 

 
Página inicial